Login:
Senha:
   
 
 
Veja o dia da apresentação do pôsteres aqui.
Veja os temas livres e casos clínicos aqui.

Sobre

 

 

O II Encontro em Desenvolvimento Infantil: da neuropsicologia ás políticas públicas objetiva congregar pesquisadores, profissionais, gestores e estudantes nas áreas de saúde, educação, economia e disciplinas afins com interesse em processos de desenvolvimento infantil. A interação dessas áreas com os mais variados setores da sociedade promoverá a troca de experiências e fomentará cooperações em diferentes níveis de atuação profissional em ambiente universitário contribuindo para o desenvolvimento científico e técnico na área da infância e da adolescência, E na esfera da atuação política e econômica de programas dirigidos ao desenvolvimento infantil.

Várias atividades inovadoras caracterizam este Encontro. Uma delas é o Fórum dos Pós-graduandos em neuropsicologia e ciências do comportamento do IBNeC, seção especial infância. Seu objetivo é o de estimular a produção científica de qualidade na área a partir de uma perspectiva de compartilhamento de ideias e experiências entre jovens pesquisadores e pesquisadores seniores na área da neuropsicologia da infância e das ciências do comportamento. O Fórum será, portanto, uma oportunidade para que pós-graduandos possam apresentar e discutir seus projetos de mestrado e doutorado na área com pesquisadores renomados de diferentes Instituições de Ensino Superior do país. Tal iniciativa visa o fortalecimento de parcerias que ampliem o conjunto de recursos humanos necessários para execução de pesquisas de qualidade na área.

A sessão de intercâmbio entre grupos de pesquisa e centros de atendimento em neuropsicologia e ciências do desenvolvimento do IBNeC, seção especial infância, tem por objetivo a articulação entre grupos de pesquisa e centros de atendimento em neuropsicologia e ciências do desenvolvimento para a discussão e elaboração de projetos de pesquisa, políticas públicas e formação de parcerias interinstitucionais com vistas a formação de recursos humanos, intercâmbios de recursos e desenvolvimento do conhecimento científico nas áreas. Nesta seção, serão debatidas questões dentro de diferentes eixos temáticos, em reuniões específicas por grupos de atuação e elaboração de agendas de pesquisas entre as áreas do conhecimento, além de construir modelos mais integrativos de atuação entre os centros de atendimento.

Outra característica deste Encontro é a tentativa de minimizar a fragmentação das diversas abordagens em psicologia do desenvolvimento que eventualmente levam a um distanciamento em relação aos domínios da saúde, educação e das políticas públicas e econômicas que giram em torno da primeira infância. O Encontro busca assim fomentar o esforço na direção da transposição do conhecimento acadêmico produzido pelas neurociências e áreas afins em práticas pedagógicas e em políticas públicas que visem investimentos nos mais diversos setores do desenvolvimento infantil.

O Encontro pretende mostrar também o conhecimento produzido em psicologia do desenvolvimento por diferentes grupos de pesquisas localizados em diversas regiões do país, bem como promover a integração entre esses grupos de pesquisa e serviços púbicos e privados vinculados à temática central do desenvolvimento infantil. Dentre os temas a serem discutidos destacam-se metodologias inovadoras de avaliação neuropsicológica, práticas pedagógicas e modelos de monitoramento e intervenção assim como diferentes perspectivas em gestão públicas. O conjunto dessas discussões certamente irá resultar em subsídios relevantes para o fortalecimento da área acadêmica assim como a possibilidade de vislumbrar novas formas de atuação política no âmbito do desenvolvimento infantil.

O Encontro representa, portanto, um local privilegiado de discussão em psicologia do desenvolvimento onde trabalhos e práticas, tanto na esfera acadêmica como em contextos políticos e econômicos serão abordados. A possibilidade para refletir essas práticas e pesquisas irá contribuir para o aprimoramento dos cursos de graduação e pós-graduação do nosso país, bem como na aproximação entre o domínio acadêmico e os diversos setores da sociedade civil e os de domínios legislativo e executivo.

Data:
21, 22 e 23 de Maio de 2015

Local:
Primeira Faculdade de Medicina do Brasil
Largo do Terreiro de Jesus, s/n - Centro Histórico, Salvador - BA
Mapa


   MAFRO

O II IBNequinho conta tanto com uma proramação super interessante na área de Neurociência básica e aplicada, como convida a todos para visitar o MAFRO, que é o Museu Afro-brasileiro, que está também em salvador. São diversos temas, como "cultura material africana" e a "Coleção Artes Plásticas". Quem vem ao congersso, paga o valor de estudante! 


As vagas são limitadas. Faça sua inscrição e participe você também deste encontro.

Cordialmente,
Comissão Organizadora do II IBNequinho
Profa. Dra Nayara Argollo - Presidente do II IBNequinho
Profa. Dra. Cláudia B Mello (UNIFESP)
Profa. Dra Izabel Hazin (UFRN)
Prof. Dr. J. Landeira-Fernandez (PUC Rio e UNESA)
Prof. Dr João Batista Araujo (IAB)
Profa. Dra. Mônica Miranda (UNIFESP)
Prof. Dr. Orlando Francisco Amodeo Bueno (UNIFESP)


Realização:


 

 

Apoio: